SHARE
Foto Ilustrativa


Jovem não aceitou recolhimento da sua moto que estava irregular, ao ser levado para delegacia ele fez ameaças dizendo que ‘não sabiam com quem estavam mexendo’

Um rapaz de 27 anos foi detido por desacato após não aceitar o recolhimento de sua motocicleta pela Guarda Municipal. Caso aconteceu na madrugada deste domingo (3), em Dourados, distante a 221 quilômetros de Campo Grande.
Uma operação realizada pela Guarda em conjunto com a Polícia Militar, Juizado da Juventude e Agetran, em uma conveniência da cidade, detectou que a motocicleta estava irregular.
Ao perceber a situação, irado, o proprietário da moto, começou a xingar os guardas e acusá-los de furto. Após o recolhimento, o sujeito ligou para o 190 e fez a denúncia que a moto havia sido furtada.

Alterado, ele começou a proferir xingamentos como ‘inúteis’, ‘ladrões’ e ‘merdas’, além de tirara fotos da equipe da Guarda Municipal.
Ao ser informado que ele seria encaminhado para a delegacia, o rapaz demonstrou mais agressividade e resistiu à prisão. Houve um tumulto no local, e um dos guardas realizou disparos com munição anti-motim.
Ao ser encaminhado, durante todo o trajeto, ele fez ameaças dizendo ainda que eles ‘não sabiam com quem estavam mexendo’.
Na hora de registrar o boletim de ocorrência, ele tirou o órgão genital e urinou nas paredes e no chão da delegacia.

Ele foi preso por desacato, ameaça, ato obsceno e resistência e está à disposição da Justiça.

Fonte: Nathalia Pelzl – topmidianews.com.br

Facebook Comments